Noticias

Preço da banana sobe 11% em Belém

15/03/2017, 17:29

Tamanho da fonte: A- A+
Mixto-MT afirma que Remo ofereceu R$ 600 mil (Foto: Reprodução/Mixtonet.com)

Segundo a pesquisa realizada pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socvioeconômico (Dieese/PA), no mês de fevereiro, a cesta básica do paraense custou R$ 395,57, o que comprometeu a aquisição de cerca de 46,00% do novo salário mínimo que é de R$ 937. No mês passado foi constatado que alguns produtos da cesta básica dos paraenses tiveram recuos de preços, entre eles a banana.

Mesmo com uma ligeira queda de 0,66% em fevereiro e de 0,39% nos dois primeiros meses deste ano, ainda não foram suficientes para impactar o reajuste acumulado do produto nos últimos 12 meses de 11,47%. Vale ressaltar que a banana teve alta de preço em todos os meses de 2016.

O Dieese/PA  realizou a pesquisa semanalmente, e o preço da banana prata e nanica em feiras livres e supermercados de Belém. Em supermercados, a venda é feita por quilo e nas feiras livres a comercialização é feita por dúzia e também por quilo.

Em janeiro de 2016, a dúzia da banana foi comercializada em média em feiras e supermercados  a R$ 6,20, em fevereiro o produto foi comercializado em média a R$ 6,80, em março a R$ 7,05, em abril foi  a R$ 7,16, em maio a R$ 7,24, em junho a R$ 7,29, em julho a R$ 7,30, em agosto a R$ 7,33, em setembro a R$ 7,41, em outubro a R$ 7,52, em novembro e dezembro a R$ 7,60.

O valor em janeiro deste ano foi de a R$ 7,63 e no mês passado a R$ 7,58. Com isso o reajuste de preço acumulado na dúzia da banana consumida pelos paraenses comercializada em feiras livres e supermercados de Belém, apresentou um reajuste acumulado nos últimos 12 meses de 11,47% contra uma inflação calculada de 4,69% (INPC/IBGE) calculada para o mesmo período.

(Com informações do Dieese/PA)

Aviso importante: Leia sobre as condições de envio de comentários antes de comentar.


Comentários

Leia também os comentários abaixo:

Não existe comentário!

+ Notícias

17:29