Noticias

Em um ano de gestão, prefeito de Igarapé-Miri soma diversas irregularidades e denúncias

Quinta-Feira, 06/12/2018, 15:21:05 - Atualizado em 06/12/2018, 17:46:01 ,

Tamanho da fonte: A- A+
Mixto-MT afirma que Remo ofereceu R$ 600 mil (Foto: Reprodução/Mixtonet.com)

Desvio de dinheiro da saúde, hospital 'funcionando' sem leitos, macas e produtos hospitalares básicos, repasse de dinheiro a empresa de fachada, extorsão para pagar vereadores, são algumas das denúncias que envolvem o prefeito Antoniel Santos Miranda, de Igarapé-Miri, no nordeste paraense. Mesmo assumindo o cargo há apenas um ano, o que não faltam são denúncias e reclamações contra Antoniel Miranda. 

SAÙDE

Quem precisa usar a saúde pública no município está sofrendo, pois o atendimento no Hospital Municipal ao longo deste ano está precário, chegando a “funcionar” sem macas e produtos hospitalares básicos. Mas a precariedade não termina ai. O caso de um paciente que precisou ser levado em uma carroça até o hospital, por falta de ambulância, chocou quem assistiu ao vídeo que viralizou nas redes sociais. O Prefeito Antoniel Miranda é ainda acusado de desviar dinheiro da saúde pública e atrasar os salários dos servidores da vigilância do município. E, mesmo com todos os problemas, uma médica recebeu mais de R$ 20 mil no mês de abril por trabalhar em plantões da unidade. O problema é que a mulher nem ao menos mora no Pará.

DESVIO DE DINHEIRO

O prefeito de Igarapé-Miri Antoniel Miranda foi ainda acusado de autorizar o repasse no valor de mais de R$ 100 mil a uma suposta empresa de fachada, a "RM Comércio e Manutenção de Computadores Eireli". A empresa foi registrada em maio de 2014 como um comércio varejista especializado em equipamentos, suprimentos de informática e serviços de locação de automóveis.

Além deste caso, outras denúncias envolvendo o prefeito podem ter causado mais prejuízo aos cofres públicos do município: a filha de sócio do prefeito Antoniel Miranda venceu uma licitação de quase R$ 3 milhões e ele é suspeito de realizar contratos que somam mais de R$ 400 mil entre uma empresa que pertence a ele com a Prefeitura de Igarapé-Miri.  

Gastos exorbitantes

Parece inacreditável, mas Antoniel Santos Miranda fez gastos exorbitantes com material de construção e pneus. No primeiro caso foi gasto 1 milhão, em apenas meses. Nesse mesmo período, o prefeito também gastou R$ 120 mil, com pneus e câmaras para os automóveis oficiais do município. 

(DOL)